quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Imaginar que fenômeno black bloc desaparecerá à força de cassetetes é considerar a polícia um remédio miraculoso, quando ela é sintoma de uma doença maior

Mario Sergio Conti  nasceu em São Paulo, em 1954 é jornalista e escritor brasileiro. Foi editor da revista Veja e do Jornal do Brasil, entre outros veículos.
Tarde da noite. Na floresta, todos os bichos dormem. Exceto o senhor e a senhora Coelhinho. Eles são black blocs e urdem à socapa a depredação de cenouras e outros ícones da ordem natural. Querem acabar com a velha e boa lei da selva, segundo a qual os fortes abocanham os fracos e tudo será de quem chegar primeiro. “É preciso por cobro aos maléficos intentos do senhor e da senhora Coelhinho”, ruge o leão ao atiçar os chacais contra eles.
Senta que o leão é manso? Melhor não, ele não é manso nem sábio. As jornadas de junho abriram um período no qual a violência veio para o primeiro plano. Durante duas décadas, um bem tramado sistema político, jurídico e policial — herdado da ditadura e blindado na democracia — obstou a iniciativa popular. Anestesiou os reclamos à medida que diminuía a inflação para todos, assistia quem não têm nada, aumentava o salário mínimo, ampliava o consumo e incrementava o parasitismo financeiro de uns poucos. Em junho, o Brasil róseo dessa construção foi abalado pelo povo.
Sim, o povo. Relembre-se que milhões de pessoas paralisaram centenas de cidades. Que cercaram prefeituras e câmaras municipais, palácios e assembleias estaduais, o Congresso e o Planalto. Que magotes foram presos e feridos e seis morreram. A reivindicação imediata foi obtida: o preço das passagens do ônibus e do metrô baixou. O povo impôs a sua vontade aos poderes constituídos, aos partidos, aos sindicatos, às igrejas. Por um momento, emudeceu a tagarelice cheia de certezas dos bem-pensantes. E a violência esteve presente desde o início, na forma de bombas e balas, de quebra-quebra e fogueiras.
A violência integra a política. O seu monopólio pertence ao Estado, que o exerce por meio da polícia e das forças armadas, designadas pela Constituição para manter a ordem. Em junho, a violência institucional foi contestada na mesma moeda, a tunda. A polícia barbarizou e a plebe revidou. Desde então, a participação popular encolheu e os choques cresceram. O pau come dia sim dia não. Continue lendo...

Leia a Coluna da Vera Magalhães, está ótima

Vera Magalhães, 39, é repórter especial da Folha em São Paulo. É jornalista de política desde 1993. Foi repórter da coluna Painel em Brasília e editora do caderno "Poder".
Na base da ameaça - A cúpula do PMDB recebeu "atônita" recado de emissários do Palácio do Planalto de que, se Renan Calheiros (PMDB-AL) levar adiante o projeto de Francisco Dornelles (PP-RJ) de autonomia do Banco Central, o movimento será considerado "ruptura" com o governo. A mensagem hostil surpreendeu peemedebistas, uma vez que Michel Temer já havia conversado antes com Renan, a pedido de Dilma Rousseff, para "baixar a bola" do projeto, com o que o senador teria assentido. 
Meteorologia - Até ontem à tarde, no entanto, Renan ainda demonstrava a colegas no Senado disposição de colocar o projeto em votação, embora auxiliares do Planalto afirmem ter recebido recado do senador de que o texto seria engavetado. 
Devagar - Aécio Neves (PSDB-MG) deve conversar hoje com Dornelles, que é seu tio, sobre a proposta de autonomia. O presidenciável tucano avalia que mandato de seis anos para o presidente do BC é tempo demais, mas diz ainda não ter opinião fechada sobre a matéria. 
Sinais - Aliados do ex-presidente Lula que conversaram com ele sobre a ideia de dar autonomia ao BC dizem que, na opinião do petista, o efeito da medida seria apenas "simbólico", uma vez que, na prática, a instituição já teria independência para agir. 
Torneira - Nos cenários traçados por aliados de Dilma sobre o mau humor do empresariado com o governo também são levadas em conta as previsões de doações eleitorais. Um governista fala em "aridez" de recursos. 
Do Leme... Ideli Salvatti recebeu ontem o líder do PR na Câmara, Anthony Garotinho, que encabeça todas as pesquisas de intenções de voto para o governo do Rio.
... ao Pontal - Se dependesse de conselheiros de Dilmae, o ideal, diante do cenário incerto da sucessão fluminense, seria a presidente ter quatro palanques: Garotinho, Luiz Pezão, Lindbergh Farias e Marcelo Crivella. 
Trunfo - Na viagem que fará à Alemanha, Eduardo Campos espera anunciar parceria entre uma empresa brasileira e uma alemã para investimento em Pernambuco na área metal-mecânica. 
Tempo... Articuladores da pré-campanha de Aécio trabalham para antecipar para novembro a formalização de sua candidatura ao Planalto. Para os tucanos, a indefinição está provocando a perda de força na negociação do senador mineiro com eventuais partidos aliados. 
... perdido - Aécio evita romper o acordo que firmou com José Serra (PSDB) de que a candidatura do partido só seria oficializada em março, mas seus aliados preparam um movimento público em defesa da antecipação. 
Bomba... Vice-presidente do PSB, Roberto Amaral ataca, em artigo publicado no site do partido, economistas que aconselham Marina Silva, aliada de sua sigla. Para o pessebista, André Lara Resende e Eduardo Giannetti representam "o campo conservador, que trabalha sob o marco da tragédia do governo neoliberal de FHC". 
... atômica - Amaral afirma que a eleição de 2014 será marcada por uma disputa entre conservadores e progressistas. E diz que PSB e PT devem manter "atuação conjunta no movimento social". 
Na planta - Patrícia Bezerra (PSDB) e outros vereadores de oposição em São Paulo vão estimular líderes de associações de moradores a ocuparem as galerias da Câmara Municipal na próxima semana para protestar contra o aumento do IPTU e pressionar o prefeito Fernando Haddad (PT) a vetar o reajuste. 
com ANDRÉIA SADI e BRUNO BOGHOSSIAN - tiroteio
"Lula não conhece limites. Ele diz que Marina e Serra são sombras sobre Eduardo e Aécio. E o eclipse total a que ele submete Dilma?"
DO DEPUTADO MARCUS PESTANA (PSDB-MG) sobre articulações do ex-presidente, que disse durante encontro com senadores que pode voltar em 2018. 
contraponto - Mosca na sopa
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), falava a jornalistas sobre o projeto que dá autonomia ao Banco Central. Em defesa da proposta, Renan argumentava que a mudança blindaria o Banco Central de eventuais interesses externos e também permitiria melhor condução da política monetária.
Antes de encerrar sua explicação, uma mosca apareceu e começou a rondá-lo. Incomodado com o inseto, Renan interrompeu a fala e brincou:
--Tem uma mosca aqui. Aposto que é uma mosca do Banco Central. Está ouvindo tudo!

CASO DO METRÔ DE SP NAS GARRAS DO MP

CONSELHO DO MP ABRE INVESTIGAÇÃO PRELIMINAR SOBRE PROCURADOR DO CASO DA ALSTOM
André Richter - Repórter da Agência Brasil 
Brasília – O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) instaurou nesta quarta (30) um procedimento preliminar para investigar a conduta do procurador da República em São Paulo Rodrigo de Grandis, responsável pelo caso da Alstom, empresa francesa acusada pelo Ministério Público Federal (MPF) de fraude em licitação do Metrô de São Paulo. A investigação foi aberta pelo corregedor nacional do Ministério Público, Alessandro Tramujas.
Reportagem publicada, no último dia 26, no jornal Folha de S.Paulo, informa que o Ministério Público suíço arquivou o processo contra os investigados pelo fato de o MPF em São Paulo não ter atendido ao pedido, feito em 2011.
O MPF, em nota à imprensa divulgada segunda-feira (28), diz que uma falha administrativa impediu a tomada de depoimento de três envolvidos na denúncia de fraude e pagamento de propina pela Alstom. Os depoimentos foram solicitados pelo Ministério Público da Suíça, que também investiga o caso.
“Segundo apurado até o momento, em razão de uma falha administrativa, um pedido suplementar de diligências enviado pelas autoridades suíças em 2011, deixou de ser atendido até o momento uma vez que foi arquivado erroneamente em uma pasta de documentos auxiliares, quando deveria ser juntado ao processo de cooperação internacional principal”, alegou o órgão.

DESMONTADO ESQUEMA MILIONÁRIO NO ISS DE SÃO PAULO


MP VAI INVESTIGAR SE CONSTRUTORAS PARTICIPARAM DE FRAUDES NA PREFEITURA DE SÃO PAULO
Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil
São Paulo – O Ministério Público de São Paulo vai investigar se construtoras e incorporadoras participaram do esquema em que servidores da Subsecretaria da Receita da prefeitura de São Paulo são acusados de terem desviado recursos do sistema de arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS), cobrado do ramo imobiliário. O Ministério Público estima que foram deviados entre R$ 200 milhões e R$ 500 milhões.
Segundo o promotor de Justiça Roberto Victor Anelli Bodini, do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime de Formação de Cartel e à Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos (Gedec), ainda não é possível saber se as empresas participaram das fraudes ou foram vítimas dos agentes públicos.
Bodini não revelou os nomes das empresas e nem dos funcionários, pois a investigação está sob sigilo de Justiça. Ele também não precisou a quantidade de empresas que podem estar envolvidas.
“Vítima se comporta como vítima. Para analisar e caracterizar criminalmente a situação de cada um, temos que analisar qual foi a conduta dessas empresas. Se elas não tinham outra forma de agir, se elas eram obrigadas a fazer esse pagamento na conta dos fiscais, elas são vítimas de concussão. Por outro lado, se ficar caracterizado que elas optaram por pagar menos, pagando por fora para a conta do fiscal e recolhendo um valor ínfimo para a prefeitura, a conduta delas vai ser caracterizada [como corrupção]”, disse Bodini.
Algumas empresas chegaram a ser chamadas pelos promotores de Justiça e questionadas se houve erro no recolhimento do ISS. Segundo o promotor, todas negaram a ocorrência de falhas.
Durante a Operação Necator, deflagrada na manhã de hoje (30), quatro auditores fiscais da Subsecretaria da Receita da prefeitura foram presos temporariamente. O promotor disse que ainda não há indícios de participação de secretários no esquema.
O esquema fraudava o recolhimento do ISS, calculado sobre o custo total da obra. Esse recolhimento é condição necessária para que o empreendedor obtenha o "habite-se", para que a construção possa ser ocupada. Para construir um prédio, as incorporadoras e construtoras estabelecem um modelo de organização social conhecido como Sociedade de Propósito Específico (SPE). Cada empresa ou incorporadora pode ter vários SPEs. Quando se está em uma etapa próxima do término da obra, é necessário fazer o recolhimento do ISS e obter a certidão de quitação do imposto.
O que ocorria é que os auditores fiscais emitiam as guias de recolhimento do ISS com valores inferiores ao exigido e cobravam das construtoras ou dos incorporadores o depósito de altos valores, geralmente em espécie, em suas contas bancárias. Sem esse “pagamento”, os certificados de quitação do ISS não eram emitidos e o empreendimento não era liberado para ocupação.
“Ao final da obra, a empresa ou incorporadora submete ao Poder Público as notas fiscais, para que seja feito o cálculo de eventual resíduo do ISS. Essas notas fiscais eram recolhidas pelo departamento da prefeitura, operada por esses quatro investigados. Eles faziam o cálculo, chegavam a um número real ou irreal e, em cima desse número, exigiam que a empresa, em vez de recolher 100% da guia para a prefeitura, fizesse o pagamento de uma parte desse valor para uma empresa que foi constituída em nome de um dos fiscais e da esposa dele. E, em nome da prefeitura, era recolhida uma ínfima quantia perto do valor que era depositado na empresa”, explicou Bodini.
A suspeita do Ministério Público é que os auditores eram extremamente rígidos na cobrança das empresas. "Esses auditores fiscais podiam ou não reconhecer as notas [entregues pelas empresas] como aptas à dedução do ISS com muita liberdade. O que conseguimos detectar é que eles eram extremamente rígidos. Em muitos casos, eles diziam que as notas não eram aptas à deduzir do ISS e se chegava a um número absurdo ou até real. Eles faziam essa análise rígida para chegar a um valor inicial alto de resíduo de ISS, por exemplo, de R$ 1 milhão. Ou seja, além de tudo o que já foi recolhido durante toda a obra, a empresa ainda deveria pagar R$ 1 milhão. O modo correto seria: ficou esse resíduo de R$ 1 milhão, expede-se esta guia e se paga esta guia [no valor de R$ 1 milhão]. E então dá-se a certidão de quitação", explicou.
"O que os fiscais faziam: em cima desse valor de R$ 1 milhão, eles davam um desconto de 50%. Ou seja, a empresa teria então que pagar R$ 500 mil. Dentro disso, a empresa recolhia um valor ínfimo como guia, cerca de R$ 16 mil [que ia para a prefeitura], e o restante, os R$ 484 mil, era depositado na conta da empresa do auditor ou de sua esposa", acrescentou.
De acordo com a Controladoria do Município, a arrecadação do imposto nas obras controladas por esses servidores era sempre menor do que a obtida na mesma área por outros servidores. Em seis meses, foram identificados depósitos superiores a R$ 2 milhões de incorporadoras em uma das contas dos investigados.
Segundo o MP, em um dos casos, uma empresa recolheu, a título de ISS, R$ 17,9 mil. No dia seguinte, a mesma empreendedora depositou o valor de R$ 630 mil na conta da empresa de propriedade de um dos auditores fiscais. O valor da propina correspondia, em alguns casos, a 35 vezes o montante destinado aos cofres públicos.
As incorporadoras ou construtoras que transferiram dinheiro para a conta das empresas dos auditores fiscais terão que justificar o pagamento ao Ministério Público. Segundo o promotor, essas empresas serão intimadas (não de forma judicial) para prestar esclarecimentos.
O esquema ocorria desde 2007, de acordo com o Ministério Público. Dos quatro auditores presos, três ocupavam cargos de confiança e foram exonerados entre dezembro e fevereiro deste ano. Segundo o controlador-geral do Município, Mário Spinelli, os quatro servidores são efetivos.
O Ministério Público pediu o bloqueio e sequestro de bens dos auditores presos. “O sequestro e bloqueio de bens, que foi determinado hoje [pela Justiça], é o primeiro passo para que haja esse ressarcimento. Todo esse patrimônio, constituído de barcos, imóveis, flats e fazendas, tudo o que foi apreendido hoje, já está vinculado a esta nossa investigação. Se não for comprovada a origem lícita desses bens, tudo isso será revertido ao Poder Público”, disse o promotor.
As empresas que se julgarem vítimas do esquema podem procurar a prefeitura para refazer o cálculo e recolher o imposto devido, de acordo com o promotor.
Procurado pela Agência Brasil, o Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi) informou, em nota, que "foi procurado pelo Ministério Público e aceitou colaborar com a promotoria nas investigações de combate à corrupção, mantendo o sigilo das informações, conforme solicitado pelo MP".

"O Secovi-SP permanece em constante diálogo com o MP e a prefeitura de São Paulo, a fim de continuar colaborando na estruturação de mecanismos de aperfeiçoamento dos processos operacionais que possam levar a ilegalidades. No passado, o sindicato apresentou à administração pública propostas concretas", acrescentou a nota. (
Edição: Carolina Pimentel)

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO - NO MEIO DAS TRAPALHADAS, UMA DENTRO

PARECE QUE ATÉ QUE ENFIM UMA DENTRO

O destabanado Governo Von, parece que tenta acertar ‘umazinha’ dentro, durante este primeiro ano feio, molengo e desastroso de Alexandre Von na frente da prefeitura de Santarém – Aquele Centro de Convenções prometido para os santarenos há anos, parece que será construído na área onde é hoje a SEINFRA – Secretária Municipal de Infraestrutura, ao lado do Parque da Cidade. Von vai desapropriar o Club Simbora e outras propriedades da redondeza e destinar aquela área para o Centro de Convenções –Até que enfim, parece agora o Von vai dar uma dentro – apoiamos a idéia, naquele local realmente é o ideal para tal feito... vamos aguardar! 

Leia a Coluna do Cláudio Humberto, está ótima

Cláudio Humberto é jornalista e de Brasília comanda sua coluna que mostra o panorama político nacional.
“Merece minha homenagem pelo seu comportamento digno”
Ex-presidente Lula referindo-se a José Sarney, a quem atacava durante a Constituinte
ROSE, DE LULA, ESTÁ SUJEITA A 25 ANOS DE PRISÃO - Íntima do ex-presidente Lula e ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha é alvo de Processo Administrativo Disciplinar que pegou leve com ela, apenas destituindo-a do cargo em comissão, por recomendação do ministro petista Jorge Hage (Controladoria-Geral da União). Transferidas para o âmbito penal, as acusações contra “Rose” podem somar mais de 25 anos de cadeia. 
OS CRIMES - Rosemary Noronha é suspeita dos crimes de falsidade ideológica, tráfico de influência, corrupção passiva e formação de quadrilha. 
PUNIÇÃO, QUE É BOM... Jorge Hage empurrou com a barriga o processo administrativo ao Ministério Público Federal, para “providências”. O MPF resolveu agir. 
AMIGOS DE FÉ - Em junho, a Casa Civil da Presidência chegou a negar acesso ao Ministério Público Federal ao processo administrativo de Rose. 
ELA TEM A FORÇA - Um ano após o escândalo, a poderosa Rose, íntima de Lula, ainda não foi punida por nenhuma das 11 irregularidades a ela atribuídas. 
RELATOR DO MAIS MÉDICOS PODE SUBSTITUIR PADILHA - O relator da MP do programa Mais Médicos, Rogério Carvalho (PT-SE), é cotado na bancada petista para suceder o ministro Alexandre Padilha (Saúde), que deverá deixar o cargo para disputar o governo paulista em 2014. Amigos de movimento estudantil, Padilha articulou sua indicação para relatoria da MP, desbancando o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), favorito na base aliada para assumir a vaga. 
VELHOS ALIADOS - Rogério Carvalho foi o substituto do atual ministro Alexandre Padilha na Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina. 
LADOS OPOSTOS - Entidades médicas resistem a Rogério Carvalho, que, após assumir a relatoria da MP, sofreu retaliação do CRM-SP, de onde foi funcionário.  
BOM DESEMPENHO - Forte defensor do Mais Médicos, o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Sales, também é cotado a ministro. 
CLAQUE - Desesperada com a falta de quórum na homenagem ao ex-presidente Lula na Câmara, a liderança do PT mandou deputados e chefes de gabinetes encherem o plenário com seus assessores. E são muitos.  
BOICOTE - Deputados da base aliada como PR, PSD, PP, PTB e PDT se uniram à oposição e ignoraram a entrega ao ex-presidente Lula da medalha Suprema Distinção, em comemoração aos 25 anos da Constituinte. 
O ESTADO DE CÓCORAS - Bandidos se uniram aos “black blocs” para tocar o terror na Rodovia Fernão Dias, em São Paulo, diante da passividade da PM. Como a TV mostrou tudo ao vivo, agora as autoridades começam a se mexer. 
VEXAME - O Ministério Público Federal no DF atira primeiro e pergunta depois: exigiu, ontem pela manhã, que a Anvisa fizesse alterações em seu edital de concurso, mas, à tarde, descobriu que tudo já tinha sido feito. 
FALTARÁ MUNIÇÃO - Fuzileiros fazem simulação de guerra em Formosa (GO), com munição real. Como a Marinha anda numa pindaíba de dar dó, trabalhando só 4 dias por semana para economizar no rancho, seu paiol vai ser zerado. 
MAQUIAGEM - O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) denuncia que taxa de desemprego chega hoje a 30%, e não a 5,4% como divulgou governo: “O problema é que eles consideram empregados quem recebe Bolsa Família”. 
COCALEIROS BILIONÁRIOS - Mariela Salas, diretora da Unidade de Investigações Financeiras da Bolívia, disse ontem que não há dados sobre a fortuna lavada no país, de dinheiro vindo do narcotráfico. A estimativa é de US$ 900 milhões. 
POÇO DE MÁGOAS - Sindicalista convertido em celebridade pela imprensa que hoje ataca, o ex-presidente Lula tem raiva de jornalistas por revelarem malfeitorias do seu governo, como o mensalão. Rancor faz muito mal à saúde... 
CONFRATERNIZAÇÃO - Lula foi recebido ontem com tapinhas nas costas por alguns dos “300 picaretas” que certa vez apontou no Congresso. 
PODER SEM PUDOR - A SOPA ERA UMA DROGA - Tentando ser simpático, o que não lhe é tarefa fácil, o então líder do governo, senador Aloizio Mercadante (PT-SP), ofereceu um prato de sopa ao rival do PSDB, Arthur Virgílio (AM), no intervalo da longa audiência de Henrique Meirelles no Senado, em 2004. O sabor não estava lá essas coisas, o que levou Virgílio - dono de raciocínio como uma bala - a brincar com o colega:
- Vou denunciar você à delegacia de combate às drogas...

PASSAGEM AÉREA NO BRASIL É UMA ROUBALHEIRA DESCARADA

PASSAGENS AÉREAS SUBIRAM MAIS DE 130% ACIMA DA INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS ANOS
Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil
Brasília - O preço das passagens aéreas no Brasil aumentou 131,5% acima da inflação desde 2005, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A informação será apresentada pelo presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, na reunião marcada para amanhã (31) entre o governo e representantes das companhias aéreas.
O objetivo do encontro é tentar convencer as empresas de que os preços cobrados no país são altos demais. “Espero que eles colaborem, que haja uma compreensão de que se deve explorar o turismo, não os turistas”, disse Dino à Agência Brasil.  
Segundo ele, o desequilíbrio entre demanda e oferta e o aquecimento do mercado faz com que haja práticas comerciais abusivas - que ficam mais evidentes no caso das festas de fim de ano e agora da Copa do Mundo do ano que vem -, sendo verificados aumentos de até 1.000% no preço das passagens. “Não temos nenhum fator econômico objetivo no que se refere a custo ou tributação que justifique esse aumento, que é obviamente abusivo”, acrescentou. Continue lendo...

terça-feira, 29 de outubro de 2013

NAS TRAPALHADAS DO GOVERNO VON, ACABARAM 'FUDENDO' A BURITI

SEM NOÇÃO DAS COISAS, PREFEITO E SECRETÁRIO FIZERAM MERDA
Por pura falta de conhecimento das leis e de como agir diante de um grande empreendimento empresarial, o maior até os dias atuais em Santarém na área imobiliária, o prefeito Von e seu Secretário de meio ambiente Podalyro Neto, negligenciaram em suas atitudes desastradas e acabaram causando um prejuízo irreparável a empresa Buriti que investiu milhões em uma área nobre da cidade de maneira correta e dentro da lei. Agora após as trapalhadas do Governo Von o Tribunal de Justiça bateu o martelo e garantiu que a Licença expedida pelo governo do PT para a Buriti estava dentro da Lei que a atitude do Governo Von foi absurda! LEIA A MATÉRIA DO BLOG DO JESO 
TJ DIZ QUE SEMMA PODE, SIM, EMITIR LICENÇA
Por Jeso Carneiro em 29/10/2013 às 11:08 
Foi à nocaute, no ringue jurídico, um dos argumentos usados pelo prefeito de Santarém, Alexandre Von (PSDB), e seu secretário de Meio Ambiente, Podalyro Neto, para suspender, tão logo assumiu o cargo, a licença para as obras do loteamento “Cidade Jardim”, do consórcio Sisa Salvação-Buriti, na rodovia Fernando Guilhon.
Em decisão colegiada, lavrada no último dia 23, o TJ (Tribunal de Justiça) do Pará julgou que o município de Santarém, na gestão da ex-prefeita Maria do Carmo, agiu conforme a lei ao licenciar o empreendimento
Em outras palavras: confirmou a competência do município, via Semma, em licenciar obras, inclusive acima de 100 hectares.

Ainda hoje (29), o blog dará mais detalhes da decisão do TJ. (Blog do Jeso)

TRÁGICO, DIFÍCIL DE ACEITAR - TODOS DA FAMÍLIA MORTOS DENTRO DO VEÍCULO ENTRE RORAIMA E MANAUS

FAMÍLIA DESAPARECIDA NA BR-174 É ENCONTRADA MORTA NO AM, DIZ PRF
Segundo polícia, carro da família foi encontrado no km 235 da rodovia. Casal e filho de seis anos saíram de Boa Vista na sexta-feira (25).
Por Camila Henriques e Adneison Severiano - do G1 AM
A Polícia Rodoviária Federal no Amazonas (PRF-AM) confirmou a morte da família desaparecida desde a sexta-feira (25). De acordo com a PRF, os corpos foram encontrados dentro do carro do casal em um lago nas proximidades do km 235, da BR-174, na manhã desta terça-feira (29). Ao G1 , o Instituto Médico Legal (IML) confirmou que foi acionado nesta manhã para uma remoção no local do suposto acidente.
Segundo a polícia, o representante comercial Levy Oliveira Nascimento, de 32 anos, a esposa, Gislane Santos Mesquita Nascimento, de 34 anos, e o filho do casal, Ian Levy Mesquita Nascimento, 6 anos, teriam capotado com o veículo no dia do desaparecimento.
Entenda o caso
Levy, Gislane e Ian saíram de Boa Vista (RR) na sexta e desapareceram antes de chegar a Manaus , segundo familiares e amigos. O último contato com a família, que mora na capital amazonense, ocorreu às 10h48 de sexta-feira (25), quando estavam de saída da cidade. O veículo utilizado pela família era um Honda City, de cor cinza escuro e de placa NON-9378.
Eles seguiram pela BR-174, rodovia que liga os dois estados. De Boa Vista até Manaus são aproximadamente 785 km. Seguindo de carro, o percurso pode durar de 8 a 10 horas com velocidade entre 80km/h a 110km/h, velocidade permitida na rodovia.
Davi Nascimento, irmão do representante comercial, informou que Lev foi para Boa Vista na segunda-feira (21) a trabalho e, na quarta-feira (23), a esposa e o filho chegaram à cidade de avião para fazer compras na Venezuela. "Eles vieram para voltarem todos juntos de carro para Manaus. Na quinta-feira [24], provavelmente, eles seguiram para Santa Elena [de Uairén] e na sexta-feira saíram de Boa Vista sentido Manaus, mas até agora não temos informações deles", relatou. (G1 – Manaus)

OPERAÇÃO ENQUADRA DONOS DE ACADEMIAS DE GINÁSTICA NA BAHIA

MAIS DE 10 ACADEMIAS DE GINÁSTICA SÃO AUTUADAS EM SALVADOR
A Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), Conselho Regional de Educação Física (CREF-BA), Sucom e Procon apresentam, nesta terça-feira (29), às 15 horas, no auditório da Polícia Civil, na Praça da Piedade, os resultados da Operação Apolo, deflagrada, nesta manhã, para fiscalizar o funcionamento, condições de equipamentos, profissionais capacitados e instalações de academias de ginástica. Mais de 30 profissionais, entre policiais e fiscais, participaram da ação que visitou mais de dez estabelecimentos nos bairros de Brotas, Garcia, Campo Grande, Ondina e Rio Vermelho. Até o final da manhã, um grupo com mais de 10 pessoas, entre proprietários e professores de educação física, já tinha sido conduzido à unidade policial para prestar esclarecimento. (Política Livre)

CORTARAM A CABEÇA DO MARIDO DE UMA PM DO RJ E DEIXARAM EM FRENTE A CASA DA FAMÍLIA

MARIDO DE PM DA UPP MANGUEIRA É DECAPITADO NA ZONA OESTE DO RIO
Um comerciante foi decapitado e teve a cabeça deixada numa mochila, no início da manhã desta terça-feira (29), em frente à casa de sua família na Rua Laura Dias, em Realengo, zona oeste do Rio.
Segundo a Polícia Militar, João Rodrigo Silva Santos, 35, era marido de uma soldado da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Mangueira, na zona norte da cidade.
Por volta das 9h30, policiais civis da Divisão de Homicídios do Rio faziam perícia no local. A principal suspeita é que Santos tenha sido assassinado pelo tráfico de drogas das favelas da região.
A casa da vítima fica próxima às comunidades Minha Deusa e Vila Vintém, em Realengo, que têm o tráfico de drogas chefiado pela facção criminosa ADA (Amigos dos Amigos). Outras suspeitas, no entanto, ainda não estão descartadas.
Policiais militares do Batalhão de Bangu também fazem buscas pelos criminosos na região. Imagens de câmeras de rua da prefeitura serão analisadas.
Esse é o segundo crime brutal em Realengo em menos de uma semana. Na sexta-feira (25), sete pessoas foram mortas a tiros de fuzil e pistola por homens encapuzados numa casa, que supostamente era utilizada para a venda e o consumo de drogas. Policiais da Divisão de Homicídios investigam o crime. (Folha de SP)

PIRANHA BAITOLA: ENCONTRADA PIRANHA NO TROMBETAS QUE NÃO COME NINGUÉM, SÓ COME VEGETAL

EMBORA PAREÇA ASSUSTADOR COMO OS "COLEGAS" DE LINHAGEM, PEIXE VEGETARIANO SÓ QUER SABER DE COMER PLANTAS
Uma piranha vegetariana foi descoberta na reserva biológica do rio Trombetas, no Pará, quando eram feitas coletas na área. A nova espécie fará companhia a outras quatro herbívoras conhecidas na Amazônia.
O peixe foi descrita em artigo científico no mês de julho por Marcelo Costa de Andrade, engenheiro de pesca e doutorando de Ecologia Aquática na área de Biodiversidade na Universidade Federal do Pará (UFPA). A nova espécie, cujo nome científico é Tometes camunani, pertence à família Serrasalmidae.
O local onde ela foi achada é caracterizado por muitas cachoeiras e corredeiras. Ao ser encontrada, verificou-se que a piranha herbívora não correspondia a nenhuma das espécies conhecidas. O artigo sobre o achado foi publicado na revista "Neotropical Ichthyology", especializada no estudo de peixes.
Marcelo explica que a Tometes camunani faz parte de um grupo de espécies que vive exclusivamente em ambientes de corredeiras e cachoeiras. "Nesses ambientes elas encontram seu principal alimento, que são as plantas típicas desses locais, alguns tipos de algas", observou o doutorando, que é orientado pelo professor doutor Tommaso Giarrizzo.
Como a descoberta é recente, o que se sabe até agora é que ela ocorre, exclusivamente, no rio Trombetas. "Ou seja, é a chave para que a gente possa fazer novos estudos para traçar estratégias de manejo", disse Marcelo Andrade.
Segundo o pesquisador, a Tometes camunani é achatada e tem formado de uma piranha normal. Ela se une agora a outras três espécies do mesmo gênero encontradas na Amazônia brasileira. Isso porque, das quatro piranhas vegetarianas existentes na região Amazônica, uma delas se encontra em território estrangeiro, na região chamada escudo da Guiana, e as outras três no País.
A partir de agora, os pesquisadores devem determinar o quanto esse ambiente do rio Trombetas é importante para a espécie e de que forma, também, o novo tipo de piranha pode contribuir para o ambiente, em especial à população local, uma vez que muitas pessoas sobrevivem da pesca e podem se beneficiar desse novo tipo de peixe.
Marcelo Costa de Andrade ressalta a importância da descoberta para o conhecimento da biodiversidade. "Com esse conhecimento, a gente pode ir se aprofundando em outros estudos", diz. (Amazônia – ORM)

Leia a Coluna do Cláudio Humberto, está ótima

Cláudio Humberto é jornalista e de Brasília comanda sua coluna que mostra o panorama político nacional.
“Não é possível estabelecer troca na mesmice, só na diferença”
Marina Silva, ex-senadora, pedindo diálogo para superar a brigalhada PSB x Rede. 
READMITIDOS ACABAM EM GABINETES DE SENADORES - São desviados para gabinetes de senadores funcionários recontratados com salários maiores e carga horária menor. Em fevereiro, o Senado anunciou “corte de gastos” e a demissão de 512 terceirizados, mas tudo não passava de factoide. Estão sendo recontratados a pretexto de atuar no apoio operacional (copa, limpeza etc.), mas parte deles é designada para serviços administrativos em gabinetes de senadores. 
DISPARIDADE - Hoje, 1.243 funcionários terceirizados pegam pesado no Senado, mas ganhando menos que os recontratados para realizar trabalho idêntico. 
PRESSÃO  - A recontratação de terceirizados atende a senadores como Inácio Arruda (PCdoB-CE), que conseguiu de volta uma “assistente”. 
NADA A DECLARAR - Interpelado desde quinta sobre a recontratação de terceirizados, o Senado não ofereceu qualquer explicação, por meio de sua assessoria. 
OLHA A CONTA - Só uma empresa mantém 614 funcionários terceirizados no Senado Federal, que representam despesas mensais de R$ 28.462.655,52. 
VENCEDORA DE LICITAÇÃO NÃO DÁ CONTA DO SERVIÇO - Ganhadora de milionária licitação da Sabesprev, empresa de Maringá (PR), Benner Tecnologia e Sistemas de Saúde, ainda não consegue implementar o contrato conquistado, segundo revelam preocupados servidores da Sabesp, estatal de águas de SP. Com capital social de R$ 5 mil, a Benner atuava na área de informática, mas agora participa de licitações como na Sabesprev, para assumir a gestão de planos de saúde. Funcionários temem a falta de expertise.  
PERNA CURTA - A Gama Saúde gerenciou os planos de saúde dos funcionários da Sabesp por 19 anos e foi substituída pela Benner em 2011. 
NO SEU QUADRADO - A Benner tem fornecido apenas o “sistema de gerenciamento”, não a gestão. Como no caso do Ministério Público da União.  
DEMORA - O sistema de gestão dos planos de saúde dos funcionários da Sabesp começou a ser implementado em 2012 e até agora não foi concluído. 
MÃO DE VACA - Se o Pronaf comeu o pão que Lula amassou, a situação piorou muito no governo Dilma, que destinou ao programa de agricultura familiar R$ 17,3 milhões. O Bolsa Família, que dá mais votos, teve R$ 54 bilhões. 
NÃO PROCURE SABER - Cresce nas redes sociais um movimento pregando boicote a CDs e livros de artistas como Chico Buarque e Caetano Veloso, que, adotam a atitude “fascista” de tentar censurar biografias não autorizadas. 
AMIGO É PARA SE GUARDAR - Os governos de Alemanha, França e Espanha, que fizeram obsequioso silêncio diante da espionagem americana no Brasil, agora dizem ser “inadmissível” espionar “amigos e aliados”. 
COM ALIADOS ASSIM... O PPL-DF, liderado pelo chefe Marco Antonio Campanella (DFTrans), realizou um grande evento para receber – com pompa de candidato – o ex-lutador Marcelo Tigre, que foi detido pela polícia no Rio após participar do quebra-quebra no protesto contra o leilão de Libra. 
SERVIÇO PÚBLICO - As ruas de Brasília estiveram desertas, ontem, no dia do servidor público, mas a debandada começou na sexta-feira (25), quando o trânsito, de tão tranquilo, lembrava a Capital aos anos 1980. 
VIAGEM INÚTIL -A visita dos senadores Humberto Costa (PT-PE) e Vanessa Grazziottin (PCdoB-AM) a Moscou, para “interceder” pela bióloga brasileira presa, é tão inútil quanto tolerar uma delegação cubana pressionando o STF, por exemplo, pela absolvição do ex-ministro José Dirceu, no mensalão. 
OUTRO ERRO- A Cooperativa Nova Aliança garante ter entregue sucos de uva a Cia Nacional de Abastecimento (Conab). Na nota fiscal consta que foram vendidas garrafas de 2 litros, mas a vinícola Aliança entregou de 1,5L. 
LUXO CONTRA CRIMEA Polícia Militar do Distrito Federal vai renovar a frota de viaturas para combater a bandidagem. Numa lapada só, vai torrar R$ 9,2 milhões na compra de 80 caminhonetes S10, cabine dupla e tração 4x4. 
PENSANDO BEM...
...nomear Sergio Cabral ministro, como ele exige desesperadamente, significa tornar o Rio de Janeiro exportador de black blocs para Brasília. 
PODER SEM PUDOR - ERUDIÇÃO DE PALANQUE
Júlio e Roberto Campos chegaram a Santo do Céu (MT) para um comício, em 1982, e, já no palanque, um vereador local, João Cordeiro de Sobral, impaciente, arrancou o microfone das mãos do animador e atacou:
- Doutor Julinho, "baixador" Roberto Campos, como já dizia Ruy Barbosa, em matéria de principalmente, o que interessa é tudo!
O povo delirou, enquanto Roberto Campos mal continha a crise de riso.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

COM ÓDIO, GRAZI DELETA TODAS AS FOTOS DO ISTAGRAM QUE APARECE CAUÃ

ASSESSORES DIRECIONAM CAUÃ E GRAZI MASSAFERA DIANTE DA CONFUSÃO DA SEPARAÇÃO
Ache Belém
A história da separação entre Grazi Massafera e Cauã Reymond ainda está dando muito o que falar. De acordo com o colunista Leo Dias, Cauã foi orientado pela sua assessoria para não assumir o romance com Isis Valverde, pois isso seria prejudicial para a imagem do ator diante de futuros contratos publicitários.
Já os assessores de Grazi querem que ela continue reclusa na casa de sua mãe, no interior do Paraná, até que tudo se resolva. Segundo o colunista, Grazi deverá sair "por cima" nessa história, como a mulher traída que está sozinha com a filha pequena.
Aos amigos mais íntimos, Cauã confidenciou que não ama Isis, apenas gostava de ficar com ela porque a moça era "doidinha".
Enquanto isso, Grazi tem aproveitando os dias de férias na companhia da família no interior do Paraná para descansar e pensar na vida. A atriz, que foi flagrada pela coluna Retratos da Vida pela primeira vez após o suposto rompimento com Cauã Reymond, evita sair de casa e, quando sai, já exibe a mão sem aliança.
Junto com a filha Sofia, de apenas um ano e cinco meses, Grazi está recebendo os cuidados da mãe, Dona Cleusa, que faz questão de todas as manhãs sair e comprar pãozinho quente para a filha.
Muito simples, a família não faz cerimônia para receber a filha famosa. Como o assédio na cidade é grande, Grazi tem deixado a filha passear apenas com a avó e com o irmão mais novo, Alexandre, de 13 anos.
Segundo um vizinho, é muito difícil Grazi sair de casa.. "Ela entra sempre apressada dentro de casa e fica mexendo o tempo todo no celular", relata.
Alguns fãs espiam a atriz pelas frestas do portão. Quando ela vê, acena e tira fotos, porém, quase nunca sai na calçada.
A mágoa de Grazi com Cauã é tão grande que a atriz chegou a apagar todas as fotos de sua conta no Instagram onde o (ex) marido aparecia. Apesar de não comentar nada sobre o assunto, Grazi parece estar indignada com toda a situação. (Ache Balem)

RECEITA VAI LAVAR A BURRA COM FOLHA DE PAGAMENTO DIGITAL

RECEITA FEDERAL ARRECADARÁ R$ 20 BI COM FOLHA DE PAGAMENTO DIGITAL
Hugo Passarelli e Mariana Congo, Agência Estado

A Receita Federal deve arrecadar R$ 20 bilhões a mais por ano com o início da folha de pagamento digital (ou eSocial). “É uma previsão conservadora”, disse o coordenador de Sistemas da Atividade Fiscal da Receita, Daniel Belmiro. O sistema entrará em operação em 2014, com pleno funcionamento em 2015. O eSocial altera o modo como todas as empresas do País fazem a prestação de contas das informações de seus funcionários. Com o eSocial todo o envio dos dados fiscais, tributários, previdenciários e trabalhistas será online e concentrado num único sistema. A ideia é evitar a repetição no repasse de informações ao substituir o cumprimento de nove obrigações mensais e anuais diferentes, como o Caged, a Rais, a Dirf e a Gfip, por uma única. Neste sistema, todos os órgãos poderão coletar as informações que lhe competem. O incremento de R$ 20 bilhões na arrecadação compensaria grande parte da renúncia projetada de R$ 24,7 bilhões referente à desoneração da folha de pagamento esperada para 2014. A arrecadação deve aumentar porque o sistema do eSocial vai facilitar cruzamento de dados sobre as empresas e, consequentemente, acirra a fiscalização. Na avaliação do sócio da consultoria Deloitte Dario Mamone Júnior, o eSocial muda o modo de fiscalizar do Fisco. “A empresa passa a ‘confessar’ seus débitos. O governo vai dizer para a empresa, durante a fiscalização: estou te cobrando isso porque você me informou”, avalia. (AE)

30° ENPR DEBATE CIDADANIA E O APRIMORAMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

PROCURADORES DA REPÚBLICA SE REÚNEM PARA DEBATER CIDADANIA E APRIMORAMENTO DO MP

Começa, nesta segunda-feira, 28, o 30º Encontro Nacional dos Procuradores da República (ENPR). O tema deste ano é o “MPF na Defesa da Cidadania”. Até o dia 2 de novembro, o evento reunirá cerca de 250 membros da carreira, de todo o Brasil, para debater questões referentes ao aprimoramento da instituição. O encontro deste ano ocorre na Ilha de Comandatuba (BA). O objetivo é proporcionar aos procuradores da República uma oportunidade de crescimento e confraternização. Entre debates e palestras, eles participam de atividades esportivas e apresentações culturais. A abertura do evento será nesta noite, com apresentação do vídeo sobre os 40 anos da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) – promotora do ENPR –, palestra com o ministro do Supremo Tribunal Federal, José Francisco Rezek. Na ocasião, estarão presentes da vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, e o presidente da ANPR, Alexandre Camanho. No decorrer da semana, ocorrerão outras palestras. Entre elas, a dos integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Jarbas Soares Júnior e Esdras Dantas, que relacionarão a cidadania com o papel da instituição. Ainda está programada a participação de Gilberto Valente Martins, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), numa abordagem sobre corrupção e a Democracia brasileira, bem como debates. (Política Livre)

O momento ilustra mais do que a tragédia de Amarildo e o vexame para o Instituto Google Ideas, que plantou, num seminário que se quer iluminado, uma policial envolvida num crime hediondo só investigado depois de semanas de protestos convocados na, hum, mídia social.

Lúcia Guimarães, é carioca, mudou-se para Nova Iorque em 1985, já trabalhou como editora internacional da Rede Globo, redatora do Jornal Nacional e foi produtora do jornalista Paulo Francis.
"Estamos tentando mudar a maneira como a polícia se vê e como a comunidade vê a polícia." Vestida com o uniforme da Polícia Militar carioca, Vanessa Coimbra Cavalcanti falava a uma plateia em Nova York, a convite do Instituto Google Ideas, ao lado do diretor do Instituto Igarapé, Robert Muggah. Três horas antes, a policial carioca tinha sido indiciada com mais 14 colegas por envolvimento na tortura e assassinato do pedreiro Amarildo de Souza, na favela carioca da Rocinha.
Vanessa leu um texto escrito num inglês impecável que sugere a redação, quem sabe, de seu companheiro no programa. Já Vanessa lutava para pronunciar as palavras que seu ghost writer lhe tinha destinado na apresentação. A Polícia Militar carioca disse que o Instituto Igarapé escolheu Vanessa porque ela é a única na UPP da Rocinha que fala inglês. O Igarapé é uma ONG especializada em policiamento e segurança e se associou ao Google para desenvolver o aplicativo Smart Policing, que coloca celulares com câmeras gravando no bolso de policiais para, como explica em seu site, promover a transparência do policiamento. Continue lendo...

Ana Júlia diz que candidatura do Jajá no Pará, afunda sem um candidato forte dos tucanos para presidente


Leia a Coluna da Vera Magalhães, está ótima

Vera Magalhães, 39, é repórter especial da Folha em São Paulo. É jornalista de política desde 1993. Foi repórter da coluna Painel em Brasília e editora do caderno "Poder".
Agora só falta você - Aliados de Aécio Neves (PSDB-MG) pediram ao governador paulista Geraldo Alckmin que antecipe seu engajamento na pré-campanha do senador à Presidência. Cauteloso, Alckmin raramente acompanha o mineiro em suas visitas a São Paulo. Na conversa com o governador paulista, o grupo de Aécio argumentou que o PSDB precisa se unir imediatamente e levar sua candidatura presidencial às ruas, para evitar que Eduardo Campos (PSB) roube espaço no campo da oposição.  
Dentro de casa - Aecistas também demonstraram a Alckmin desconforto com as movimentações de José Serra (PSDB) pelo país. Acreditam que a suposta incerteza sobre a candidatura de Aécio pode travar seu crescimento. 
Morde... Apesar de reconhecer avanços em gestões do PSDB e do PT, o documento que PSB e Rede apresentam hoje para balizar sua discussão programática apontará falhas específicas dos dois partidos no comando do país. 
... e assopra - O texto destaca que o modelo econômico que resultou dos últimos governos dá "respostas superficiais" às questões nacionais e privilegia determinados setores em detrimento de outros, sem critérios claros. 
Costurando 1 - Eduardo Campos disfarçou, mas deixou a conversa que teve com Roberto Freire (PPS) na última sexta-feira com a "garantia" de que a sigla vai apoiar sua candidatura presidencial. 
Costurando 2 - Para pavimentar a possível aliança nos próximos meses, Freire pediu a Campos que ajude a solucionar divergências entre PSB e PPS nos Estados, com o objetivo de fortalecer chapas conjuntas das duas siglas. 
Dois pra lá - O ex-presidente Lula e o presidente petista, Rui Falcão, se reúnem hoje à tarde em São Paulo com dirigentes do partido no Espírito Santo --onde o PT tem o vice-governador da gestão de Renato Casagrande (PSB). 
Dois pra cá - Petistas capixabas pretendem manter a aliança com Casagrande, que se dispôs a ficar "neutro" na disputa presidencial. Lula, entretanto, estuda apoiar uma candidatura do PMDB, com o objetivo de isolar Campos e abrir um palanque forte para Dilma no Estado. 
Linha... Líderes da Câmara querem incluir na pauta de quarta-feira a votação do Marco Civil da Internet, mas a falta de acordo em dois pontos do texto pode adiar a votação do projeto mais uma vez, para a próxima semana. 
... cruzada - O PT tenta votar o texto imediatamente, mas o PMDB rejeita a proposta de armazenamento de dados no Brasil, como deseja o governo. Os peemedebistas também querem debater um dispositivo que discipline o tráfego de dados na rede. 
Ainda não - Já o projeto que libera a publicação de biografias não autorizadas tem consenso para ser votado na Câmara. No entanto, como a pauta da Casa está lotada, o texto só deve ser levado a plenário na semana que vem. 
Time completo - A bancada de 89 deputados do PT vai lotar a rampa interna da Câmara amanhã para posar para uma foto com Lula. O ex-presidente vai ao Congresso para receber uma medalha pelos 25 anos da Constituição. 
Sem folga - Hoje, dia do servidor público, o ponto na Esplanada dos Ministérios será facultativo, mas haverá plantão em algumas pastas, como a Casa Civil e a Saúde, por conta do Mais Médicos, prioridade do governo. 
Não deu? O governo Alckmin voltou a conversar com Paulo Maluf na tentativa de garantir o apoio do PP à reeleição do tucano. O resultado não foi animador. 
tiroteio
"Os vândalos são minoria. A maioria pacífica dos manifestantes tem de ser responsável e ajudar a polícia a impedir a violência."
DE FERNANDO GRELLA VIEIRA, secretário de Segurança de São Paulo, sobre a pesquisa Datafolha que aponta que a população desaprova os black blocs'. 
CONTRAPONTO - Cara, crachá
Habituado a dirigir o próprio carro para ir ao Congresso, o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) costuma brincar com os seguranças que pedem sua identificação na entrada do estacionamento. Em uma ocasião, no ano passado, disse que era José Sarney (PMDB-AP).
--O senhor é o presidente do Senado? E está dirigindo o próprio carro? --duvidou o segurança.
Valadares assentiu e teve a entrada autorizada. Ao ouvir a história, Walter Pinheiro (PT-BA) provocou:
--O senhor ficou com receio de se identificar como Antonio Carlos Valadares e ser barrado na entrada!

MISTÉRIO - CASAL E FILHO DESAPARECERAM NA BR-174, QUE LIGA BOA VISTA A MANAUS

FAMÍLIA QUE VOLTAVA A MANAUS DE BOA VISTA SEGUE DESAPARECIDA DESDE SEXTA-FEIRA (25)
Um casal e seu filho de 6 anos, que foram passar alguns dias em Roraima e Venezuela, deveriam chegar ao Amazonas na noite de sexta, mas até o momento não deram notícias. A família realiza buscas por Manaus e Boa Vista há dias, sem sucesso.
VICTOR AFFONSO - Á CRÍTICA
Um casal está desaparecido junto com seu filho de 6 anos desde a última sexta-feira (25), quando estavam voltando para Manaus vindo de Boa Vista (Roraima). O último contato de Levy Oliveira do Nascimento, 32, Gislane Santos Mesquita, 34, e o filho Ian Levy Mesquita Nascimento foi às 10h30 de sexta, quando trocaram mensagens pelo celular com amigos  e familiares para informar que estavam retornando ao Amazonas.
Levy, que é representante de uma empresa na região, foi a Boa Vista a trabalho na segunda-feira (21), sozinho a bordo de seu carro, um Honda City de placas NON 9378. A funcionária pública Gislane e Ian foram apenas na quarta-feira (23), de avião, para encontrar o marido e passarem juntos os dias de folga. Ela deixou seu outro filho, um bebê de 10 meses, aos cuidados da sua mãe e de uma babá em Manaus.
A família ainda foi de automóvel até as primeiras cidades da Venezuela, onde passearam e fizeram compras. Às 7h54 de sexta eles fizeram o check-out do hotel que estavam em Roraima, o Boa Vista Eco Hotel. Por volta de 8h30, Gislane ligou para sua mãe e disse que seu marido estava trocando os pneus do carro por novos, recém-adquiridos no país vizinho, e que já iam começar a viagem de volta. Ela prometeu retornar a ligação do município de Presidente Figueiredo, já no Amazonas e a 104 quilômetros de Manaus.
A última vez que entraram em contato, porém, foi cerca de 10h30, quando enviaram mensagens SMS para amigos e familiares, dizendo que estavam voltando. A previsão é que chegariam em Manaus por volta das 20h. Foi só depois das 21h que a família estranhou o atraso e constatou que algo estava errado.
Foto mais recente publicada por Levy foi com o filho, num cinema em Boa Vista (Arquivo Pessoal)
Teve início então uma procura desesperada pela família desaparecida. Entraram em contato com a Polícia Rodoviária Federal, que informou que nenhum acidente tinha sido registrado nas estradas e rodovias. Fizeram uma busca pelos hospitais, delegacias e Institutos Médico Legal, tanto de Manaus quanto de Boa Vista, sem sucesso. No sábado (26), dois irmãos de Levy se deslocaram até a capital de Roraima, para darem andamento às investigações por lá.
“Estranhamos quando eles não deram mais notícias porque tínhamos combinado de nos falar quando o sinal do celular voltasse, como em Presidente Figueiredo, mas desde sexta até agora (domingo), o celular só dá desligado”, conta Simone Nascimento de Melo, outra irmã de Levy, que está auxiliando nas buscas em Manaus.
Simone diz que a polícia de Roraima informou que há casos nas rodovias estaduais de seqüestro, em que fazem as vítimas reféns para sacar dinheiro no banco. “A polícia disse que, como há um limite de saque diário imposto pelo banco, às vezes os sequestradores seguram as vítimas por dias, até conseguirem tirar todo o dinheiro, e depois ainda vendem o carro”, acrescenta.
O desaparecimento foi comunicado às policiais civis e militares do Amazonas e Roraima, que deram início às investigações na manhã deste domingo (27). Qualquer informação é válida e é possível entrar em contato a partir dos números a seguir: (92) 9368-0299, 9248-5681, 9178-1826 ou 9178-1826. (A Crítica)

HÁ 70 ANOS SE COMEMORA A DATA DE 28 DE OUTUBRO, COMO DIA DO SERVIDOR PÚBLICO

DILMA PRESTA HOMENAGEM AOS SERVIDORES PÚBLICOS
Danilo Macedo - Repórter da Agência Brasil
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff prestou homenagem hoje (28), em mensagem publicada no Blog do Planalto, aos “homens e mulheres que elegeram como opção profissional servir ao cidadão”. O Dia do Servidor Público é celebrado há mais de 70 anos no dia 28 de outubro.
“Cada um de vocês, servidores públicos brasileiros, representa a face humana do Estado. Vocês são aqueles a quem os cidadãos recorrem quando precisam garantir o exercício de seus direitos”, escreveu Dilma.
Segundo a presidenta, a existência de um Estado ético e justo, que garanta os direitos de todos os cidadãos, depende muito dos servidores públicos, principalmente em um país com o tamanho do Brasil, com grandes desafios ao desenvolvimento.
“Como servidora e presidenta, quero manifestar os meus mais sinceros agradecimentos a todos vocês que se dedicam à tarefa de prestar serviços públicos nos quais os cidadãos podem depositar cada vez mais confiança. Parabéns a todos os servidores públicos brasileiros!”
Dilma está reunida desde as 10h com o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco. Às 17h, ela embarca para São Paulo, onde participará, da cerimônia de premiação As Empresas Mais Admiradas no Brasil”, no Espaço Rosa Rosarum, marcada para as 19h. (Edição: Graça Adjuto)

domingo, 27 de outubro de 2013

Todos repetem a frase 'é proibido proibir', da canção em que ecoei as paredes de Paris em 68 — que por sua vez ecoavam algum surrealista do início do século XX

Caetano Emanuel Viana Teles Veloso nasceu em Santo Amaro , na Bahia, 7 de agosto de 1942, mais conhecido como Caetano Veloso, é músico, produtor, arranjador e compositor, além de cineasta.
O ministro Marco Aurélio Mello me chamou de jurista. Jurista, eu? Ele teve a argúcia de acrescentar imediatamente “baiano” ao título que me concedeu. Percebi em tudo um tom carinhoso, mas agora só se quer ver ironias ferinas e desavenças. Todos repetem a frase “é proibido proibir”, da canção em que ecoei as paredes de Paris em 68 — que por sua vez ecoavam algum surrealista do início do século XX. Sobre ela já fiz longa reflexão em texto de resposta a Ariano Suassuna, quando este escreveu uma tardia catilinária contra o tropicalismo. Não vou repeti-la aqui: quem quiser saber que procure em “O mundo não é chato”. Aliás, a primeira coisa que me ocorreu quando li o ministro sobre mim foi brincar com o fato de que ele é mais moço do que eu: as boas maneiras pedem que se respeitem os mais velhos. Mas isso já faz mais de uma semana e eu adoraria voltar a falar do livro de Chico Amaral sobre a música de Milton ou começar a falar das “Cartas de marear”, de Helio Eichbauer. Infelizmente, ao contrário do que disse Zuenir, o assunto das biografias ainda não deu o que tinha de dar.
Na verdade, depois da piada de Zuenir a imprensa intensificou a atitude tropa de choque. A tal ponto que pensei em pôr minha máscara de black bloc e enfrentar os ataques ditos não letais e assim proteger os manifestantes pacíficos que se chamam Chico, Djavan, Marisa, Erasmo, Gil, servindo-lhes de vanguarda militar informal.
Mas sou da paz. O artigo de Ana Maria Machado deveria ser lido por quem quer que se interesse pelo assunto (pelo visto nas folhas e nas redes, o interesse é enorme, embora não pareça ser pelo que é discutível na questão, e sim pela oportunidade de agredir quem ganhou prestígio no Brasil, país que ainda precisamos tanto provar que não vale nada nem poderá nunca valer nada). Ela fala do instinto de autodefesa desenvolvido por quem sofreu demasiadas vezes a violência do uso ilegítimo da palavra escrita. Continue lendo...

ABUSADOS DO ENEM, POSTARAM FOTOS DE DENTRO DAS SALAS - SE LASCARAM

NO PRIMEIRO DIA DO ENEM, 24 CANDIDATOS SÃO ELIMINADOS POR POSTAR FOTOS NAS REDES SOCIAIS
Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil
Brasília – No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 24 candidatos foram eliminados, até as 17 horas, por postarem fotos do exame em redes sociais. Os candidatos postaram, de dentro das salas de provas, por exemplo, fotos do cartão de resposta.
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, não informou os estados dos estudantes desclassificados. Ele informou que a maioria pagou a taxa de inscrição. Os alunos concluintes da rede pública de ensino eram isentos do pagamento da taxa.
Outros candidatos podem ser eliminados por terem deixado a sala de provas com menos de duas horas após o início da prova, que começou às 13h (horário de Brasília), o que não é permitido. O Ministério da Educação ainda está apurando o número de estudantes que podem ser desclassificados por esse motivo.
Na noite de hoje, 96 mil candidatos sabatistas iniciam a prova em todo o país. No entanto, em 13 estados e no Distrito Federal, eles começarão às 20 horas (horário de Brasília). Isso porque nesses locais anoitece mais tarde por causa do horário de verão. A mudança no horário foi decidida ontem (25) após uma decisão do Tribunal de Justiça da 1ª Região. Nos demais estados, os sabatistas iniciaram a prova às 19h (horário de Brasília). Os sabatistas guardam o sábado por convicção religiosa, o que significa que só trabalham ou estudam após o pôr do sol.
No balanço do primeiro dia do exame, Mercadante informou que uma candidata, de 20 anos, entrou em trabalho de parto em Teresina (PI). Ela foi atendida no local por médicos e levada para o hospital. De acordo com o ministro, a jovem será mãe de uma menina. A estudante poderá fazer a prova em data posterior, ainda não definida, segundo Mercadante.
No total, o Enem tem 713 candidatas em todo o país que podem dar à luz durante o período das provas. O ministério entrou em contato com as secretarias municipais e fez um mapeamento dos hospitais próximos aos locais onde essas candidatas farão o exame. Além disso, há profissionais de saúde disponíveis nesses locais de prova.
No Sul do país, Mercadante disse que a aplicação da prova foi prejudicada por causa das fortes chuvas que afetam a região. Segundo ele, faltou luz em algumas escolas.
De acordo com levantamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 22 mil candidatos conferiram o local de prova na internet uma hora antes do início do exame. Para o ministro, o dado é preocupante. Ele apelou para que os candidatos cheguem amanhã (27) aos locais de prova com antecedência e munidos do documento de identidade com foto e caneta preta, em material transparente, para preencher o cartão de respostas e fazer a redação.
Na avaliação do ministro, o primeiro dia de prova “teve excelente resultado”. Para ele, “é um grande desafio fazer um Enem para 7,1 milhões de candidatos”.
Neste domingo (27), além da redação, os candidatos fazem a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. (Edição: Carolina Pimentel)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...